Descubra o que fazer para o relacionamento não cair na rotina e na zona de conforto

Depois de muito tempo de relacionamento, é bastante comum acontecer de algum dos envolvidos deixar de gostar de alguma coisa que costumavam fazer juntos, enjoando das mesmas atividades e, consequentemente, caindo em uma rotina.

Conflitos como esses acontecem, é normal e não é preciso se preocupar tanto, afinal é bastante fácil de resolver.

Mas, antes de ajudarmos você a melhorar a sua relação e inserir novas atividades nela, é preciso descobrir se, de fato, o seu relacionamento está caindo em uma rotina ou está na zona de conforto.

Veja como descobrir:

Vocês não fazem mais nada

Vocês costumavam sair para jantar, passear no parque, ir ao cinema, balada, entre outras atividades, e de repente se veem sempre em casa, fazendo absolutamente nada, nem menos conversando?

Então, há grandes chances de que seu relacionamento esteja caindo em uma rotina. 

Não há mais conversa

Parar de ter conversas longas e profundas também pode ser sinal de que o relacionamento caiu na rotina e precisa de um estímulo para que ele fique mais empolgante.

Às vezes, nem mesmo conversas pequenas são feitas na relação, o que pode significar algo muito mais grave.

Mesmas coisas todos os dias

Uma rotina mais intensa do dia a dia também pode significar que o relacionamento caiu na mesmice.

Acordar, tomar café, ir trabalhar, voltar, jantar e dormir é uma rotina bastante comum, mas alguns casais acabam se prendendo a isso e não se esforçando para terem momentos juntos no fim do dia.

Se você vê isso acontecendo e está achando um tanto quanto entediante, você está em um relacionamento que caiu na rotina.

O que mais causa tédio nos relacionamentos é a famosa zona de conforto. Com ela presente na sua relação, você se sente estagnado, conformado, mas não deveria ser assim. Vamos entender o porquê?

Zona de conforto

O termo "zona de conforto" é um dos maiores medos de qualquer relacionamento. Quando se está nela, a pessoa não se importa se o namoro ou casamento está chato, se há brigas, se existem alguns desentendimentos, entre muitas outras coisas.

Estar na zona de conforto, como o próprio nome diz, é estar confortável com essa situação. Muitos pensam que não fazem nada para resolver pois relacionamentos são assim mesmo, a vida a dois é assim mesmo, enquanto não deveria ser.

Devemos, claro, estar confortáveis ao lado de nosso parceiro ou parceira, afinal o contrário dessa palavra é "desconforto" e ninguém quer isso, não é mesmo?

Mas é preciso, então, inovar, explorar aventuras novas, fazer coisas que nunca foram feitas antes. 

Em vez de fazer o tradicional, que provavelmente seja o que está deixando vocês entediados, que tal optar por algo que nunca fez antes: Troque o cinema por uma caminhada, um jantar no restaurante por uma viagem ao litoral, um café da manhã em casa por um café colonial na estrada.

Use a sua imaginação, inove, proponha tudo o que tiver vontade à pessoa que está ao seu lado e descubra o que pode ser interessante para vocês dois!

Você desistiu de seus sonhos

Todos os relacionamentos precisam da sua individualidade, você sabe o que isso significa?

Não é preciso estar junto ao seu parceiro ou parceira ao tempo todo, nem todos os sonhos precisam ser em conjunto e a personalidade não deve ser alterada por causa de outra pessoa.

Tudo isso acaba levando o relacionamento ao tédio, ao conforto.

Fazer somente o que o seu namorado, namorada, marido ou esposa concorda que você faça, vocês vão cair na zona de conforto na certa!

Se por algum motivo alguns de vocês deixaram de fazer algumas coisas e sentiram que precisaram "sacrificar" outras por causa disso, adivinha... zona de conforto!

Não pense que "ao menos temos um ao outro", porque nem sempre um relacionamento vai preencher a sua individualidade, as suas vontades, desejos e sonhos.

Mas, ainda dá tempo de você sair deste conforto todo. Não é só porque estão confortáveis agora que isso não poderá mudar. Peça apoio e apoie!

Corra atrás do que sempre quis, mas precisou abrir mão de tudo para mergulhar nesse relacionamento, seja sincero com quem você está que ele ou ela irão entender.

Separe um tempo para você mesmo

Já que falamos na individualidade no tópico anterior, vamos continuar a falar um pouco mais sobre ela. Às vezes o seu relacionamento só está na zona de conforto porque vocês não fazem coisas separadas.

Primeiro que o seu parceiro ou parceira não precisam, necessariamente, gostar das mesmas coisas, mas isso também não significa que você não deve fazer o que gosta por causa disso.

Então, para sair dessa zona de conforto separe um tempo para você mesmo.

Chame amigos e amigas para sair, assista a um filme que vocês provavelmente não veriam juntos porque algum não gosta do gênero, pratique exercícios, faça um curso novo, enfim, são muitas opções do seu gosto que só você conseguirá entender!

Lembre-se que quando você não faz o que quer e o que gosta, o relacionamento tende a ficar esquisito, pois você vai acabar culpando o seu parceiro por estar na zona de conforto e entediado.

Este tipo de pressão só piora a situação, então não deixe de respeitar a sua individualidade e ter um tempo para você.

Achar que está bem

Muitas pessoas acabam continuando em um relacionamento por terem medo de se impor, o que poderia acabar em brigas e desentendimentos.

No entanto, esse é um medo que não pode existir. Relacionamentos mais longos acabam precisando de mais "trabalho" para cultivar, pois não é só porque você já está comprometido e casado perante à lei que a união não precise mais de atenção. Muito pelo contrário.

Haja como sempre tivesse tentando conquistar a pessoa que você ama, brinquem de flertar, façam passeios bobos de início de relacionamento, relembrem como foi que vocês se conheceram.

Estar na zona de conforto significa estar estagnado, não levar a relação adiante. As pessoas mudam, os gostos mudam e uma relação amadurece.

Acompanhe seu relacionamento com respeito e maturidade, esteja aberto à novas propostas e seja feliz no seu namoro ou casamento!

O que achou do conteúdo?

Quer receber dicas para apimentar a relação?

Mica

A mascote do blog Química Perfeita, adora compartilhar conteúdos sobre relacionamento e sexualidade entre casais.