Porque sexo sem compromisso não deve ser considerado um tabu

Muitos de nós crescemos já com uma ideia elaborada sobre sexo, que é algo que se faz entre um casal que está em um relacionamento sério e duradouro.

Mas, poucos falam que nem sempre é e deve ser assim, fazendo com que o sexo sem compromisso se torne um tabu e deixe algumas pessoas se sentindo culpadas ou "sujas" por estarem fazendo isso.

No entanto, a verdade é que o sexo é uma coisa natural, assim como o desejo sexual, e não há porque ter vergonha disso, pois os hormônios estão em nosso corpo para isso, falando de forma mais científica, pois é com ele que o corpo humano sente a vontade de "reproduzir". 

Mas você sabe porque a gosto pelo sexo acabou se transformando em tabu? Para isso, temos que voltar um pouco atrás na história.

Por que o sexo sem compromisso é um tabu?

A sociedade diz que "o certo" é se relacionar apenas com uma pessoa de cada vez e fazer sexo apenas quando há envolvimento, em alguns casos somente após o casamento.

Muito dessa informação surge devido à apegos religiosos, independente do que se acredita ou não.

Então é claro que o ato sexual em si acaba sendo visto com outros olhos na maioria das vezes por terceiros, ou seja, pessoas que estão ou não em sua vida e não tem nada a ver com as suas individualidades. 

Uma das justificativas de pessoas que são contra o sexo sem compromisso é que "assim você nunca vai ter um relacionamento sério", o que é uma mentira.

Fazer sexo sem estar em uma relação não significa que você não queira estar em uma.

Muitas vezes, as pessoas não encontram quem ela gostaria de namorar e ter um relacionamento sério e duradouro, mas enquanto isso não acontece o desejo sexual não passa.

Lembrando, mais uma vez, que ter desejo sexual é natural do ser humano e de qualquer outro animal, então não tem nada de errado em fazer sexo sem compromisso.

Não estou acostumado, mas gostaria de ter sexo sem um relacionamento, como eu faço?

Se você chegou até aqui por causa dessa dúvida, nós vamos te ajudar. Como foi dito anteriormente, crescemos em uma sociedade que considera o sexo um tabu e que se deve ter relações sexuais apenas com namorada, namorado, marido ou esposa.

Então, é normal que haja um certo desconforto sobre essa ideia, por mais que haja a vontade.

Para começar, lembre-se que só porque você está com vontade de fazer sexo, não significa que terá que ser com uma pessoa que não te atrai ou que por algum outro motivo não há o desejo por essa pessoa específica.

Esteja livre para dizer sim ou não, não se obrigue a fazer sexo com quem você não quer. Querer não significa não ter critérios.

Existem alguns tipos de sexo sem compromisso: aquele com uma pessoa que você acabou de conhecer, com uma mesma pessoa frequentemente, com uma mesma pessoa de vez em quando, “amizades com benefícios”, entre outros.

Descubra o que funciona melhor para você, se realmente quer ter uma frequência com alguma pessoa, se será com quem você não tem muito contato ou com um amigo ou amiga. Cada um encontra a forma que mais lhe agrada.

Saiba a hora de acabar

Se você entrou em uma relação que envolve o sexo sem compromisso, saiba que há grandes chances de que isso acabe gerando sentimento em um dos envolvidos, quando não em ambos.

Se acontecer entre os dois, tudo bem, pode virar um relacionamento sério, mas quando acontece com apenas uma pessoa, o ideal é saber a hora de parar.

Está sentindo que a pessoa com quem você tem sexo casual está criando sentimentos? Explique que não é exatamente o que você quer e diga que é melhor parar.

A sinceridade é tudo para um relacionamento sexual sem compromisso, esteja sempre aberto às conversas e faça com que a outra pessoa se sinta assim também.

Porém, ainda há casos que as pessoas preferem não conversar sobre a vida, não entrar em detalhes sobre o que vocês estão fazendo e, muito menos, sobre a vida pessoal.

Nesses casos, é mais fácil conseguir parar com um relacionamento de sexo sem compromisso.

Já falamos que o sexo casual é natural, é um desejo normal que surge na cabeça e no corpo de todas as pessoas, mas para tudo há um limite.

Não ache que só porque você tem um desejo sexual por uma pessoa que ela vai ter por você também.

Assim como é feito em um namoro ou o começo de algo que possa se tornar isso, o sexo sem compromisso é preciso ser sugerido com cautela, como tentar ter certeza de que a pessoa realmente quer o mesmo que você.

Pode ser que você descubra isso apenas com uma troca de olhares,mas às vezes pode haver um engano e causar um desconforto, principalmente quando se trata de pessoas conhecidas, ou ainda amigos.

Não se esqueça também de respeitar a vontade da pessoa com quem você tem essa relação, quando o caso se trata de algo rotineiro.

Não é só porque vocês têm um acordo que essa pessoa não possa entrar em um relacionamento sério com outra pessoa e deixe você de lado, ou que ela simplesmente não queira mais nada com você, são situações que podem acontecer com qualquer um, em qualquer ocasião e não há nada de errado nisso.

O que achou do conteúdo?

Quer receber dicas para apimentar a relação?

Mica

A mascote do blog Química Perfeita, adora compartilhar conteúdos sobre relacionamento e sexualidade entre casais.